5 de mai de 2016

Resenha: Império da Luz - Saga Cidade de Cristal livro II

Império da Luz - Saga Cidade de Cristal - livro II
Débora Falcão
Clube de Autores, 2016

Sinopse:


Milhares de pessoas, no mundo inteiro,desapareceram misteriosamente. 
Este evento marca, definitivamente, o início da Profecia de Gaya, e a Alta Sacerdotisa da Irmandade da Luz, Meriadne, declara Junius de Margeau o Filho da Profecia. O homem mais influente do mundo consegue, finalmente, encontrar uma alternativa para a Guerra Negra e os conflitos no Oriente Médio, e acaba por realizar o impossível: um acordo de paz entre duas nações que guerreiam a milênios.



No QG dos Rejeitados, Keren-Hapuque luta para trazer Josh de volta à sanidade, guiar os seus liderados ao seu destino e lidar com a revelação de um infiltrado entre os seus. Enquanto isso, uma guerreira, uma arma secreta, tem sido preparada contra os Rejeitados pela Força Kamar: a Guerreira Púrpura. E todas as ações irão levá-los a um final surpreendente, enquanto magia e ciência são apenas dois lados de uma mesma moeda, e o mundo caminha para uma nova era de paz.

Será?

Depois de esperar ansiosamente para saber como continuava a intrigante e envolvente história de Guerra Negra, primeiro volume da série Cidade de Cristal, finalmente terminei O Império de Luz. 

Aqui encontramos Keren liderando os Rejeitados, após o desaparecimento de milhares de pessoas no dia 31 de dezembro de 2033, chamado de Dia da Purificação pela Irmandade da Luz.  Junius está no auge do seu poder político. Como Secretário da ONU, utiliza seus falsos discursos de paz em rede mundial para hipnotizar as pessoas, levando-as a vê-lo como o grande benfeitor da humanidade, interessado somente na paz mundial. Declarado como o Filho da Profecia, Junius está prestes a assinar um importante acordo de paz que irá colocar um fim na Guerra Negra. Mas Keren representa uma ameaça importante em sua trajetória... 

Além de lutar contra Junius, Keren enfrenta outro problema enorme: seu grande amor Josh, sob o efeito da programação Delta tem como único objetivo de vida matar Keren. 

Em Império da Luz, a trama de desenrola mostrando mais detalhadamente o lado sombrio da Irmandade da Luz, com suas programações que transformam as pessoas em Guerreiros Kamar sem personalidade, sem vontade própria, somente seguindo sua programação cerebral como um robô. Programações violentas, baseadas no trauma e sofrimento. 

Do lado do Rejeitados, Keren conta com os gêmeos gênios e fieis seguidores para impedir Junius. A fidelidade de seus amigos, não impede que uma pessoa se infiltre no QG e ameace a segurança de todos, justamente quando tudo parece se encaminhar para um grande acontecimento. 

De novo, Débora Falcão nos deixou com gostinho de "quero saber o que acontece agora". Império da Luz, assim como Guerra Negra, é muito bem escrito, com uma narrativa fluente. E a autora ainda brinda o leitor com Apêndice sensacional, onde explica o que tem de ficção e de realidade em sua história, onde se baseou para criar determinado fato ou os lugares. Por exemplo, as programações mentais usadas ao extremo para criar os Guerreiros Kamar na história, tem sua base nos indícios das programações utilizadas na Segunda Guerra Mundial pelos nazistas. Um guia de personagens também está presente nesse apêndice, o que se torna muito útil como referência nessa fase da história quando muitos personagens foram agregados a trama. Tem até um glossário que mistura realidade com ficção. 

Agora vamos esperar o próximo volume da série! Não demore muito, Débora!

Quer saber mais sobre Guerra Negra? Acesse aqui.



Nenhum comentário:

Postar um comentário