10 de fev de 2015

Resenha: Trash



Título: Trash
Autor: Andy Mulligan
Editora: Cosac Naify
Ano: 2013
Pág: 224
ISBN: 978-85-405-02857

SINOPSE: 
Não por acaso. Raphael, Gardo e Rato são adolescentes que vivem e trabalham no lixão de Behala, situado em um país de terceiro mundo não nomeado, mas que poderia ser qualquer um da América Latina. A ocupação deles é revirar o lixo em busca de plástico e papel, de onde tiram o sustento da família. Dia após dia, sabem exatamente o que encontrarão: barro e mais barro. Ainda assim, sempre esperam por algo surpreendente, que altere essa difícil realidade. Até que eles enfim têm um dia de sorte – mas o bilhete premiado se mostra muito mais perigoso do que parecia. O segredo está em uma bolsa encontrada em meio ao lixo, contendo um documento, algum dinheiro e uma chave dourada que pode abrir todas as portas da miséria que os enclausura – ou fechá-las para sempre. 


Em uma certa madrugada em um dos últimos dias de 2014 eu recebi um e-mail da editora Cosac Naify com a palavra mais perigosa para os amantes de livro: promoção. Devia ser umas duas da manhã quando eu entrei na loja e comprei três livros lindos e a compra total ficou pela metade do preço (!!).
[Antes da resenha, uma dica que vale a pena: façam o cadastro no newsletter da Cosac. Eles sempre avisam de promoções sensacionais e vale muito a pena aproveitar.]

E bom, um dos livros que eu comprei nessa leva foi o Trash, do autor Andy Mulligan, livro que inspirou o filme Trash – a esperança vem do lixo, lançado em 2014 e estrelado por Wagner Moura e Selton Mello.

O livro trata uma triste realidade de famílias pobres em países pobres. Os protagonistas do livro são Raphael, Gardo e Rato, três garotos de moram e trabalham no lixão de Behala, uma cidade situada em um país de terceiro mundo não nomeado. O trabalho deles, e de todas as outras famílias que moram lá, é procurar no lixo qualquer coisa que possa ser vendida, e é assim que conseguem o sustento da família.
Em um dia de trabalho, Raphael encontra um bolsa no lixo com uma quantidade razoável de dinheiro, uma chave e um bilhete. Até aí, tudo bem, ele pega o dinheiro e guarda o resto.
Ele só não imaginava que a polícia ia aparecer atrás da bolsa e o tamanho da confusão que ele conseguiria entrar.
A partir desse momento, os três amigos vão atrás para resolver o mistério daquela bolsa e porque a polícia a procura desesperadamente.
É uma história que mistura pobreza, tristeza, pressão do governo, inteligência das ruas, sonhos e corrupção política.
Cada capítulo da história é narrado por um personagem diferente e com a ligação dele na parte da história. Eu, particularmente, adoro livros assim, acho que torna a leitura mais dinâmica.
O livro ficou lindo e muito bem feito, com uma textura na capa, uma guarda colorida e cada capítulo personalizado com o seu personagem.

Achei muito bom e quero muito ver o filme. Mesmo que você já tenha assistido, acho que a leitura vale a pena!

Assista ao trailer do filme aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário