14 de out de 2014

Resenha: A lua de mel

Nossa amiga Franciane Batagin está de volta a Estante com a resenha de um livro divertido e apaixonante!

Título: A Lua de Mel
Autora:Sophie Kinsella
Editora: Record
Ano: 2013
Pág.: 496
ISBN: 978-850140-457-2

SINOPSE
Ao se dar conta de que o namorado nunca vai pedir sua mão em casamento, Lottie toma uma decisão. Termina o compromisso com ele e diz o tão sonhado sim a Ben, uma antiga paixão, com quem ela havia prometido se casar se ambos ainda estivessem solteiros aos 30 anos. Os dois então resolvem pular o namoro e ir direto para uma cerimônia simples e seguir para a lua de mel em Ikonos, a ilha grega onde eles se conheceram. Mas Fliss, a irmã mais velha da noiva, acha que Lottie enlouqueceu. Já Lorcan, que trabalha na empresa de Ben, teme que o casamento destrua a carreira do amigo. Fliss e Lorcan então elaboram um plano para sabotar a noite de núpcias do casal e impedir que os noivos cometam o maior erro de suas vidas.



Sempre fui apaixonada pelos livros dessa autora. Não seria exagero nenhum se eu dissesse que provavelmente li a maioria. Desde todos da série Delírios de Consumo de Becky Bloom até um dos livros que sou mais apaixonada hoje em dia: Menina de Vinte. Portanto, quando vejo que a Sophie está lançando um livro novo, meu coração enche de alegria e eu logo corro na livraria pra comprar.

A Lua de Mel é um romance extremamente açucarado; alguns podem ver isso como uma qualidade, outros não. Eu particularmente acho uma qualidade. O livro conta a história doida de Lottie que espera que seu namorado a peça em casamento. Quando ela descobre que na realidade não era essa a intenção dele, eles rompem o relacionamento e a partir daí e de uma série de escolhas malucas, ela acaba reencontrando o seu antigo amor e decide se casar.

Desse momento em diante, sua irmã, Fliss, vai atrás da irmã em sua lua de mel, junto com o amigo do noivo, fazendo de tudo para que o casamento não seja consumado e a irmã possa ter a chance de anulá-lo.

A história é narrada em duas perspectivas: pela voz da personagem principal, Lottie, e da irmã, Fliss. Uma leitura divertidíssima, e, na minha opinião, a voz de Fliss foi a que mais me divertiu. Ela está passando por um divórcio bem complicado, com um filho pequeno e muitas coisas para se preocupar, como por exemplo, o menino estar em uma fase na qual conta diversas mentiras engraçadas que fazem você rir e se apegar ao garoto. Fliss acaba tendo um caso com Lorcan, o amigo do noivo e, mesmo sem perceber, você acaba torcendo para que os dois se entendam.

Para quem gosta de romances açucarados e está procurando um livro para passar o tempo, se apaixonar pela história, e ler um livro com final feliz, com certeza deveria ler A Lua de Mel.
por Franciane Batagin

Nenhum comentário:

Postar um comentário