14 de mar de 2016

Resenha: Depois de você



Quando eu soube que esse livro seria lançado, não fiquei muito entusiasmada. Tive até receio de ser uma história comum, escrita para aproveitar o (merecido) sucesso de Como eu era antes de você.  Mas mesmo assim eu me aventurei na leitura e... fui surpreendida.

Em Depois de você encontramos uma Lou perdida entre a dor, a dúvida e os lamentos de não estar seguindo a vida da forma como Will desejou para ela. Afastada de sua família que não conseguiu compreender suas ações no desfecho da história com Will, morando sozinha em um apartamento vazio e sem qualquer identidade com ela, trabalhando em um bar no aeroporto, Lou não está propriamente vivendo, e sim passando pelos dias de maneira apática e automática. 

"Não pense muito em mim...
Apenas viva bem.
Apenas viva"

Até que ela sofre um acidente (com cara de tentativa de suicídio) e as coisas começam a mudar. Sua família se reaproxima e ela conhece o paramédico Sam que pode vir a ser a pessoa que a fará pensar em um recomeço.

Participando de um grupo de apoio à pessoas que sofreram grandes perdas, Lou vai tentando seguir em frente. Mas o que ela não poderia sonhar é surgimento de uma pessoa relacionada ao passado de Will e que vira sua vida de cabeça para baixo, novamente. 

Não quero falar muito para não comprometer as descobertas dos leitores ao longo da história, mas garanto que Jojo Moyes conseguiu escrever uma nova história de amor e comprometimento, totalmente diferente da que Lou e Will tiveram, mas emocionante e surpreendente na mesma proporção.

Enquanto Como eu era antes de você trata de um assunto polêmico que é o suicídio assistido, Depois de você propõe ao leitor novas reflexões, como a superação da dor causada pela morte, a importância da família e a consequência devastadora de algumas escolhas erradas. 

Depois de você
Jojo Moyes
Intrínseca, 2016


Nenhum comentário:

Postar um comentário