19 de jan de 2016

Resenha: A última carta de amor


Depois de ler Como eu era antes de você, a reação mais natural é buscar outros títulos da autora, Jojo Moyes. Minha escolha foi A última carta de amor

Nesse livro, a autora conta as histórias de duas mulheres, Ellie e Jennifer. Duas histórias separadas por 40 anos e que se cruzam por acaso. Jennifer Stirling vive em Londres no início da década de 60 e sofre um acidente de carro e acorda no hospital sem se lembrar de quem era e o que aconteceu. Casada com o bem sucedido e admirado empresário Larry Stirling, ela por mais que se esforce não consegue se lembrar de estar apaixonada por ele, Mesmo em momentos de intimidade, quando ela deveria sentir algo familiar, o sentimento que vem é de repulsa. Jenny vai então tentando se lembrar de sua vida, de suas amigas e de como poderia ser aquela mulher admirada, alegre e boa anfitriã que todos insistem que ela é. Mexendo em seus armários para tentar reconhecer suas coisas e estimular sua memória, ela se depara com uma carta de amor:

"Estarei na Plataforma 4,  às 19h15, sexta-feria à noite, e nada no mundo me faria mais feliz do que você encontrar coragem para vir comigo.
Saiba que você tem meu coração, minhas esperanças, em suas mãos.
Seu,
B."

A descoberta da carta faz seu mundo, já todo desordenado, virar de cabeça para baixo. Ela, a tão respeitada Sr. Stirling, tinha um amante? E quem é ele? Ela foi ao encontro? O que aconteceu depois?
Saber o que aconteceu e principalmente quem é o misterioso B. passa a ser o objetivo de sua vida.

Ellie é uma jornalista que recebe de sua chefe a tarefa de remexer nos arquivos antigos do jornal para escrever um artigo em comemoração ao aniversário da publicação. E ela encontra justamente uma carta de amor escrita para Jenny e assinada por B.
Fascinada pela carta, pelas palavras românticas, ela também se envolve na missão de descobrir o seu autor e a identidade da mulher que a recebeu. 
Vivendo um romance com um homem casado, Ellie passa a questionar o futuro de seu relacionamento.

O livro tem início com a história de Ellie, seus problemas amorosos e a descoberta da carta de amor. Logo passa a contar a história de Jenny e se concentra nela por grande parte do livro, voltando a Ellie somente nos capítulos finais. Confesso que eu até esquecia da Ellie..

É uma história de amor e perdas muito bem escrita, cercada pelo mistério da identidade do autor das cartas apaixonadas. A autora conseguiu relacionar duas mulheres diferentes e de épocas totalmente distintas, com costumes contrastantes de uma maneira sensacional. É sem dúvida uma história envolvente que você lê sem se apegar ao que acha que é certo ou errado, apenas curtindo a narrativa e virando as páginas a espera de que tudo se esclareça no próximo capítulo. 

Destaque para a edição da Editora Intrínseca: capa linda e o início de cada capítulo marcado pela reprodução de uma correspondência de amor (ou não) com uma diagramação que reproduz o laço da capa. Nota 10. 

Mas preciso deixar registrado que Como eu era antes de você ainda é o meu preferido da autora. A última carta de amor não foi para mim uma leitura tão marcante e emocionante como o que li primeiro.

A última carta de amor
Jojo Moyes
Intrínseca, 2012


Nenhum comentário:

Postar um comentário