27 de out de 2015

Resenha: Jurassic Park


"Em Jurassic Park, a dimensão do talento de Michael ultrapassa até mesmo a de seus dinossauros"
Steven Spielberg

"Um hábil thriller científico... Um pesadelo mordaz, em que a ciência corre solta."
The Wall Street Journal



Um dos melhores livros que li nesse ano, sem dúvidas.
Eu amo os filmes, eu amo livros e amo edições especiais, então, obviamente, eu não sosseguei até ter esse livro.
A editora Aleph fez uma edição maravilhosa e que possui extras como entrevista com o autor, imagens e um prefácio especial. Além disso, o livro ficou lindo! (Vejam as fotos).
A história é basicamente a do primeiro filme: Hammond, um milionário ambicioso, cria um parque de dinossauros e, como era de se esperar, tudo da errado.
Mesmo pra quem, como eu, já assistiu o filme 20 vezes, vale a pena ler o livro. Além de ter acontecimento diferentes, o livro é muito mais detalhista e explicativo. Várias coisas que ficam subentendidas na tela, são esclarecidas nas páginas.
Sem dúvida, uma das coisas que mais me agradou foi a profundidade da pesquisa que o autor fez, tanto na parte da genética, como na matemática.
O livro também me fez refletir muito sobre o ser humano. Ian Malcom, o personagem matemático, disserta muito sobre como não estamos acabando com o mundo, mas sim com nós mesmo e até onde nossa prepotência vai: achamos que somos donos de tudo, mesmo do que estava aqui bem antes de nós.

Simplesmente sensacional! 

Jurassic Park
Michael Crichton
Aleph,2015





Nenhum comentário:

Postar um comentário