9 de dez de 2014

Resenha: Série Desaparecidos - Meg Cabot




Coleção: DESAPARECIDOS
Editora: Record
Livros: Quando caiu o raio, Codinome Cassandra, Esconderijo Perfeito e Santuário.

Gosto tanto dessa autora que não conseguiria escrever resenha só de um livro... então vai a coleção inteira para todo mundo se animar para ler! Haha
Eu ainda tenho, muito forte em mim, um lado que ama literatura infanto-juvenil e a Meg Cabot é uma das minhas escritoras preferidas! Amo o jeito dela escrever e como ela consegue ser divertida, dramática e sarcástica tudo junto!

Olhem a sinopse da série no site da editora: Em divertidas tramas juvenis ela é imbatível. Dona de um humor rápido e atual, capaz de fazer piadas com fatos que acabaram de acontecer no universo pop, Meg Cabot segue soberana no trono de rainha das adolescentes. Depois de tomar o universo literário de assalto com O diário da princesa, e criar personagens capazes de grande identificação com seu público, ela inova mais uma vez, com uma série sobre superpoderes fadada ao sucesso.

Mas então, vamos para a história...
Jessica Mastriani é uma adolescente que está vivendo todos os nervos do colegial e tem um certo problema de gerenciamento de raiva, ou seja, gênio ruim (como diz o site da editora). Por outro lado, ela é uma ótima amiga e, em uma das vezes que resolve apoiar sua melhor amiga e volta andando para casa, Jessica é atingida por um raio.
Ela acordada transtornada, com um pequeno machucado mas até aí, tudo certo né?
Só que, ao acordar no dia seguinte, Jessica acorda sabendo a localização de crianças que estavam desaparecidas
Na teoria, isso parece ser uma coisa boa... ajudar crianças desaparecidas a voltar para suas família.
O problema é que a FBI está atrás de Jessica, existem crianças que não querem ser encontradas e bom... ao decorrer dos livros os poderes dela tomam uma proporção beeeem maior.
Sugiro aproveitar que já saiu uma boa parte da coleção e ler um atrás do outro. Eu demorei muito para ler todos e, assim, quase esquecia alguns nomes.
O jeito que a Meg escreve é sensacional! Acho incrível como ela consegue fazer a gente querer ler mais e mais e não parar até a última página.
Também indico como um bom presente de natal. Haha
Boa leitura!
Juliana

Nenhum comentário:

Postar um comentário