30 de mai de 2018

Resenha: DOCE LAR

DOCE LAR
Tillie Cole
2018, Essência

SINOPSE:
os vinte anos, Molly Shakespeare acha que já sabe de tudo.
Ela leu Descartes e Kant.
Ela estudou em Oxford.
Ela sabe que as pessoas que te amam também te deixam.

Mas quando Molly se muda da cinzenta Inglaterra para começar uma nova vida nos Estados Unidos, ela descobre que ainda tem muito a aprender. No Alabama os verões são mais quentes, as pessoas mais intimidantes e os alunos de sua nova escola muito mais viciados em futebol.

Após conhecer o famoso quarterback Romeu Prince, Molly só consegue pensar em seus olhos castanhos, cabelos loiros, físico perfeito... e em como sua vida tranquila e solitária parece estar a ponto de mudar drasticamente.

Doce Lar o é primeiro livro da série Sweet da escritora Tillie Cole. Seu lançamento no Brasil foi muito esperado pelos fãs da escritora que já a conheciam por Mil beijos de garoto. Seu lançamento contou até com uma polêmica nas redes sociais: quando a Editora Planeta divulgou a capa do livro, os fãs protestaram e pediram a capa original, apesar da usada ter sido aprovada pela própria Tillie. Mas a editora atendeu aos fãs e trocou a capa! Nota 10 para a Planeta que ouviu seus leitores! Eu, particularmente, tinha gostado da capa inicial, mas vamos a história.

Doce Lar é um romance new adult e conta a história da inglesa Molly que após tragédias familiares, chega aos Estados Unidos para estudar para seu mestrado em filosofia e lá conhece Rome, o atleta famoso da universidade, lindo e explosivo... ai você vai pensar: seria um Maddox? Não, apesar de todas as características, Rome não veio de uma sofrida e carinhosa família como Maddox, pelo contrário, ele é o único herdeiro de uma magnata do petróleo e tem um péssimo relacionamento com seus pais. Mas as semelhanças com os irmãos Maddox me incomodaram um pouco. Sabe aquela história do moço lindo, popular e briguento que se apaixona por uma garota e larga a vida de garanhão por ela? É assim também em Doce Lar. 

Até o meio do livro eu não me empolguei muito, mas depois as coisas começam a complicar e uns dramas mais pesados enriquecem a historia, tornando-a mais densa. E nesse ponto também o romance entre os protagonistas se intensifica e as cenas entre eles passam a ser bem quentes... E bota quente nisso! Embora Romeo Prince seja totalmente apaixonado por Molly e a protege a qualquer custo, ele assume uma postura dominadora durante o sexo que ela aceita sem reservas e isso pode incomodar as leitoras. Molly vê tudo que vem de Romeo com um romantismo que chega a ser ingênuo. E ele é o cara com a mente ferrada que encontra na garota sua salvação. 

Para saber o desenrolar dessa história só lendo mesmo. O que eu garanto é que a história que começa com certa superficialidade, se torna intensa  com um drama familiar dos mais complicados. São dois protagonistas com traumas de um passado dramático que se encontram e lutam para ficarem juntos. 

Os amigos do casal são os protagonistas dos demais livros da série. Sweet Fall trás Lexi e Austin; em Sweet Hope, Ally e Axel e para finalizar, Sweet Soul com Levi e Elsie. A série ainda conta com Sweet Rome que é a história do primeiro volume contada por Romeo.

Essas são as capas originais de série toda:




Nenhum comentário:

Postar um comentário